Você foi mal? Então Krampus vem te visitar neste Natal!

No momento em que escrevo este post, falta exatamente um mês para a chegada do Natal, Papai Noel e… Krampus

Mas quem é essa criatura chamada as vezes de anti-Papai Noel? E por que as crianças que não se comportaram bem durante o ano devem temer sua visita agora no Natal?

O bicho-papão de cada um

Em muitas culturas existem criaturas sobrenaturais que não estão vinculados ao mundo adulto, não sendo assim objeto de reverência ou de medo por parte desta faixa etária.

AFRIT - O bicho papão do mundo aba
AFRIT – O bicho papão do mundo árabe

Todavia, esses mesmos seres fantásticos são tratados com respeito quando os adultos falam deles para as crianças.

Esta classe de monstros é utilizada para ameaçar ou advertir as crianças para que as mesmas sigam ou obedeçam as normas de seu grupo social. Inclusive, já falei de algumas dessas criaturas pertencentes ao nosso folclore neste post aqui.

A assustadora BABA YAGA e sua casa móvel

Como ponto em comum a todas elas, estas criaturas possuem aparência horrível e falta de compaixão contra o infantil.

Especificamente, quando são relacionados ao mal comportamento da criança ou a algum perigo que ela deve evitar, temos os seguintes monstros espalhados pelo mundo: 

  • Afrit (Oriente Médio);
  • Baba Yaga (Rússia);
  • Berchta (Alemanha / Áustria / Suíça);
  • Bockmann (Alemanha);
  • Caipora (Brasil);
  • Croquemitaine (França);
  • Holle (Alemanha);
  • Katzenveit (Alemanha);
  • Krampus (Áustria);
  • Oats Goat (Leste europeu);
  • Père Fouettard (França);
  • Poludnica (Rússia);
  • Sri (Tibet);
  • Zwart Piet (Holanda)

Mas e quanto a Krampus?

Quem é Krampus

Acompanhando Papai Noel, chamado no hemisfério norte de São Nicolau, durante a jornada do bom velhinho na noite natalina, Krampus é uma criatura bestial peluda, de alta estatura, com língua forquilhada, orelhas pontudas e chifres sobre a cabeça.

Ele carrega um tridente, ou mais tradicionalmente, um ramalhete e um saco com os quais ameaça aqueles cujos nomes constam na lista de São Nicolau como crianças que não se comportaram ou não respeitaram os pais durante o ano.

Os meninos e meninas pegos por Krampus são espancados, chicoteados e mesmo acorrentados no barril na cova da criatura. Uma vez na morada dele, as crianças recebem novas punições até que se arrependam de seus atos.

Origens nórdicas

Um dos elementos mais interessantes da lenda de Krampus é o fato de que suas raízes não estão vinculadas ao Natal, mas sim a crenças religiosas pré-cristãs nórdicas na região onde hoje fica a Áustria.

Seu nome se origina no alemão krampen, que significa “Garra” e dentro do contexto nórdico Krampus é tido como o filho da deusa Hela, soberana do submundo na mitologia dos povos do norte.

Por conta dessa ligação pagã e de sua imagem semelhante ao Diabo cristão, Krampus foi objeto dos ataques da Igreja Católica medieval durante o século 12 visando a erradicação de sua presença, mas a empreitada não teve sucesso. Foi a partir do século 17 que a criatura passou a fazer parte das celebrações natalinas.

A noite de Krampus

Na região da Áustria, Alemanha, Hungria, Eslovênia e República Tcheca Krampus surge na noite anterior a vinda de São Nicolau no dia 06 de dezembro – a Nikolaustag – ocasião quando as crianças verificam se o sapato que elas deixaram na parte de fora da casa tem um presente ou um pedaço de galho.

Assim, no dia 05 de dezembro, acontece a Krampusnacht, quando pessoas se fantasiam como Krampus e desfilam pelas ruas assustando as pessoas, em uma alusão ao antigo ritual pagão para afastar os fantasmas do inverno. 

Ainda que ele esteja vinculado ao norte da Europa, não custa nada parar pra pensar ai se foi você foi um bom menino ou uma boa menina neste ano. Vai que o Krampus surge na sua ceia! 

Gostou do texto?

Então não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos e amigas bem e mal comportados.

Assinando o blog você fica livre da visita do Krampus!

Fontes utilizadas

BILLOCK, Jennifer. The Origin of Krampus, Europe’s Evil Twist on Santa. Acesso em 24 de nov., 2017.

ROSE, Carol. Spirits, Fairies, Leprechauns, and Goblins: An encyclopedia. New York: W. W. Norton Company, 1996.

STORIE, Serena. The origin of Krampus: the mythical holiday beast is once again on the prowl. Acesso em 24 de nov., 2017.

Seguir Alexander Meireles da Silva:

Professor Associado da UFG-Regional Catalão

Nerd, Doutor em Literatura Comparada, Mestre em Literaturas de Língua Inglesa e Especialista em Educação a Distância. Professor Associado de Língua Inglesa e Literaturas na Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão e Pesquisador do Fantástico (Fantasia, Gótico e Ficção Científica) na Literatura e no Cinema.

Deixe seu comentário ai cabeça fantástica!